Uso de sistemas identificadores de plágio

    O plágio em textos acadêmicos e científicos, mais que um desrespeito ao autor original, é uma traição do redator ao seu leitor. Por essa razão, plágio não é tão somente uma questão a ser analisada do ponto de vista legal, mas sob aspectos da ética e da moral. Nessa perspectiva, quem avalia, edita ou publica, é corresponsável pelo trabalho e, por essa razão, deve evitar que o plágio aconteça. Sistemas de Detecção de Plágio ou Plagiarism Detection Systems (PDS) visam identificar similaridades de objetos com outros existentes, sejam eles textos, figuras, código fonte de programação etc. A abordagem de similaridade de textos é a mais comum e, portanto, está em todos os PDS. Mas outras abordagens como padrão de citações e estilometria podem ser consideradas. A escolha e uso de um PDS deve levar em conta essas abordagens e fatores como disponibilidade (gratuito/pago), suporte material (detecção em textos, imagens, códigos fontes), relatórios disponibilizados, entre outros. Essas abordagens e fatores são o tema dessa palestra.